A situação do Atlético se complicou e muito na Copa Libertadores com a derrota para o Nacional, no Uruguai, na noite desta terça-feira (12). O revés por 1 a 0 no confronto com os uruguaios, o segundo em duas rodadas, deixou o time sem pontuar e distante dos líderes do Grupo E. Para o zagueiro Réver, porém, falta sorte ao time na competição mais importante da América.

"Acho que não é nem que deixamos de agredir. A equipe adversária teve uma oportunidade e fez o gol. Na verdade, está faltando também um pouco de sorte. A gente cria e não consegue fazer o gol. A equipe adversária cria uma chance e faz o gol. Nem tudo está perdido, mas precisamos acordar. Acho que a equipe se comportou bem, mas não conseguiu vencer.", comenta o capitão, que ainda tem esperança numa reação alvinegra no torneio.

"Claro que se torna complicado. Isso dificulta o planejamento, mas agora é pensar no jogo dentro de casa, onde não temos outro resultado que não seja a vitória", finaliza em entrevista à Fox Sports