OEA estuda envio de comissão para investigar atentado na Venezuela


Enviado em 09 de agosto de 2018 às 18:28:16



 

Fonte: Agência Brasil  

O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, recomendou que o órgão examine a possibilidade de criação de uma comissão de especialistas internacionais para investigar o suposto atentado contra o presidente de Venezuela, Nicolás Maduro. No Twitter, Almagro classificou o governo Maduro de “ditadura”.

“Dada a falta de credibilidade da ditadura da Venezuela e ao uso de tortura para incriminar, é necessário nomear uma Comissão de Especialistas Internacionais para  investigar circunstâncias do atentado a Maduro", disse Almagro na rede social.

No último dia 4, durante as comemoração dos 81 anos da Guarda Nacional em Caracas, enquanto Maduro discursava, houve um barulho intenso devido à destruição de  drones carregados com explosivos. A informação foi divulgada pelo ministro da Comunicação e Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez.

As autoridades venezuelanas alegam foi um atentado contra o presidente Maduro e envolve 19 pessoas, com apoio de colombianos e norte-americanos. As autoridades dos Estados Unidos e da Colômbia negam quaisquer envolvimentos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Atirador de Estrasburgo é um radical com vários antecedentes penais

Enviado em: 12 de dezembro de 2018

Internacional

Freiras da Califórnia roubam R$ 2 milhões para jogar em Las Vegas

Enviado em: 12 de dezembro de 2018

Internacional

Charlottesville é condenado à prisão perpétua

Enviado em: 11 de dezembro de 2018

Internacional

Nova Zelândia legaliza uso medicinal da maconha

Enviado em: 11 de dezembro de 2018

Internacional

Os EUA se preparam para o confronto com Rússia e a China

Enviado em: 11 de dezembro de 2018

Internacional

Nobel da Paz Nadia Murad pede 'proteção internacional' para yazidis

Enviado em: 10 de dezembro de 2018

Internacional

Publicidade