A penúltima atividade do Atlético, antes da estreia no Campeonato Brasileiro, foi marcada pelo suspense. Alegando aguardar uma avaliação física dos atletas que enfrentaram o San Lorenzo-ARG na última quarta-feira (11), pela Sul-Americana, o técnico Thiago Larghi afirma não ter um time definido para enfrentar o Vasco neste domingo (15). O jogo está marcado para às 16h em São Januário.

Ainda considerado "interino" pela diretoria, o treinador, de 37 anos, tem a oportunidade de disputar a competição, pela primeira vez, como comandante de uma grande equipe. Levantar o caneco pelo Atlético, inclusive, para ele teria gosto peculiar. 

"Sabemos que esta é uma competição muito especial para o clube, pois desde 1971 não a vencemos. Vamos entrar focados, almejando o título e quem sabe conquistá-lo", disse Larghi durante a entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (13).

"Cada jogo é um história e precisa de uma adaptação. Dentro do possível, vamos treinar e dar um padrão ao time para que se adapte a cada situação", acrescentou.

Sobre o adversário, Thiago destaca as qualidades de cada setor. A participação do Vasco na principal competição do continente, para ele, faz com  que o adversário seja visto com mais cautela ainda por seus jogadores.

"É uma equipe de qualidade, que está na Libertadores e vai jogar em casa. O sistema defensivo é bem sólido; no meio de campo tem qualidade. Além da rapidez do Riascos no ataque. É um time bem competitivo e bem montado pelo Zé Ricardo", destacou.

Desfalque

Para o confronto deste domingo, o Atlético não poderá contar com o zagueiro Leonardo Silva. Dias após a decisão do Campeonato Mineiro, ele sentiu dores na coxa, depois de realizar normalmente as atividades na Cidade do Galo e acabou indo parar no departamento médico. Com isos, Bremer segue ao lado de Gabriel.