Apresentado, Edilson revela sede de conquistas pelo Cruzeiro


Enviado em 12 de janeiro de 2018 às 19:40:04



 

Da Toca II

Alisson Guimarães

Um dos reforços cruzeirenses para a temporada 2018, o lateral direito Edilson foi apresentado oficialmente na tarde desta sexta-feira, na Toca da Raposa II. Acompanhado pelo presidente Wagner Pires de Sá e o diretor de futebol Marcelo Djian, o novo camisa 22 do Clube agradeceu o esforço da diretoria estrelada para contar com o seu futebol, disse que já se sente em casa no Cruzeiro e elogiou a força do elenco celeste.

Considerado o melhor jogador da sua posição no futebol brasileiro ano passado, quando conquistou pelo Grêmio a Copa Libertadores, Edilson disse que o objetivo é continuar com a sequência positiva de conquistas em sua carreira, agora com a camisa mais vitoriosa do futebol mineiro.

“A minha vinda para o Cruzeiro se deu por diversos motivos, entre eles a vontade do presidente Wagner, do Itair e do Marcelo em conjunto, além do próprio Mano em contar comigo. Tudo isso me fez ter esse desafio novo na minha carreira. Eu poderia ficar estacionado nos títulos que conquistei lá no Grêmio, com a moral que eu tinha. Pelo esforço que fizeram por mim, pelas contratações, a base de grandes jogadores, isso nos deixa fortes. Tenho certeza que aqui vou brigar por títulos e ser muito feliz”, garantiu.

Edilson exaltou a qualidade da comissão técnica e disse que o fato do Cruzeiro ter em seu comando Mano Menezes também pesou em sua decisão. O lateral acredita que, com os reforços buscado pela diretoria, o time celeste entra ainda mais forte em 2018.

“Chegou o Fred, que há muitos anos vem sendo o 9 do Brasil, um dos melhores atacantes do país. O Egídio foi multicampeão aqui e retornou. O mais importante de tudo é a diretoria ter mantido a base que é campeã aqui, como o Fábio, o Henrique, o Thiago Neves, Sóbis, Léo. Isso tem sido muito importante, não apenas pelas peças que chegam para encorpar, mas a base que vem sendo mantida é o mais importante”, frisou.

Na temporada passada, o novo contratado estrelado enfrentou o Cruzeiro por diversas vezes atuando pela sua ex-equipe e enfatizou a força do time de Mano Menezes, do qual agora fará parte, e da maior torcida do estado.

 

“Ano passado joguei uma semifinal contra o Cruzeiro. Na hora do Hino Nacional, a torcida do Cruzeiro já começou a cantar. Foi bonito de ver! E também pela história de títulos que o Cruzeiro tem. Com certeza saí do maior time do Sul e vim para o Maior de Minas. É um time vitorioso, com muitos títulos. A diretoria está se esforçando ao máximo para aumentar ainda mais essa galeria de troféus”, elogiou.

O Cruzeiro terá em 2018 ao menos quatro competições para disputar: Campeonato Mineiro, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores. Na avalição de Edilson, a equipe cinco estrelas vai trabalhar forte em todas as frentes para buscar os títulos.

“Não podemos pensar só em um campeonato. Lógico que a Libertadores é importante, mas temos que priorizar desde o Mineiro, a Copa do Brasil, que é muito difícil, e o Brasileiro, que é um dos campeonatos mais difíceis do mundo, que sempre começa com 12 a 15 times com condições de brigar. Temos que estar concentrados e focados em todos os campeonatos que vamos disputar e chegar bem em todas as competições. Vamos tentar conquistar o máximo possível”, projetou.

 

fonte: Site Oficial do Cruzeiro


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Leandro Damião comemora acerto com campeão japonês

Enviado em: 16 de dezembro de 2018

Esportes

Sada Cruzeiro recebe o Sesc para se aproximar do líder

Enviado em: 15 de dezembro de 2018

Esportes

Após boa Série B, atacante ganha chance no Cruzeiro em 2019

Enviado em: 15 de dezembro de 2018

Esportes

Pesquisa

Publicidade