Diretor da Universidade de Coimbra repudia agressão à UFMG


Enviado em 07 de dezembro de 2017 às 10:35:19



 

A ação da Polícia Federal contra a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) foi condenada também em âmbito internacional; o diretor do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Boaventura de Sousa Santos, um dos maiores intelectuais da atualidade, classificou como "despropositada e ilegal" a condução coercitiva do reitor da UFMG, Jaime Arturo Ramírez, e de equipe; Boaventura pediu que os profissionais "não se deixem intimidar por estes actos de arbítrio por parte das forças anti-democráticas que tomaram conta do poder no Brasil"; "Os actos de que são vítimas visam, isso sim, desmoralizar as universidades públicas e preparar o caminho para a sua privatização"

 


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Policial Civil morre em troca de tiros entre policiais

Enviado em: 19 de outubro de 2018

Minas

Praga de javalis invade o interior de Minas Gerais

Enviado em: 18 de outubro de 2018

Minas

Pesquisa

Publicidade