Jogadores buscam respostas para a má fase do Galo


Enviado em 11 de agosto de 2017 às 12:55:32


Marcos Rocha afirma que time precisa concentrar todas as suas forças para se recuperar no Brasileirão

 

Apesar da proximidade com o temido Z-4, atletas afirmam que a briga do alvinegro será por uma vaga na Libertadores, já que o título ficou praticamente impossível

 

Agora, não tem mais jeito. O sonho do Atlético de conquistar um grande título foi adiado para 2018. Eliminado da Copa Libertadores e da Copa do Brasil, o Galo, agora, foca as suas atenções no Brasileirão, campeonato no qual está na 14ª posição, com apenas três pontos a mais do que o São Paulo, primeiro integrante da zona de rebaixamento.

Apesar da proximidade com o temido Z-4, os jogadores afirmam que a briga do alvinegro será por uma vaga na Libertadores, já que o título ficou praticamente impossível.

“Nossa briga hoje é pelo G-6 . Se pensarmos em Z-4, vamos perder o nosso foco, que é um objetivo maior. A gente vem conversando sobre isso porque o segundo turno tem que ser diferente. O campeonato que disputamos hoje é o G-6, pois o título ficou muito distante. Temos que focar no G-6 para conseguirmos a vaga na Libertadores. Já são cinco anos de participação seguidos e a Libertadores já entrou no calendário da torcida atleticana”, disse o lateral Marcos Rocha.

O jogador evitou falar em falta de planejamento e disse que o problema vem sendo o mau momento técnico que o time vive. “A gente não está vivendo um momento bom. A equipe está correndo, se dedicando, mas tecnicamente não estamos vivendo uma boa fase. Se existisse uma solução (imediata), íamos sair perguntando para todo mundo para resolvermos os problemas. O nosso foco é no G-6. É procurar renovar as energias para voltar a vencer”, afirma.

O volante Rafael Carioca diz que as vitórias trarão confiança e que irão possibilitar a briga na parte de cima da tabela. “O nosso principal objetivo é vencer para tirar a desconfiança. Estamos próximos dos dois: uma vitória e conseguimos encostar no pelotão e cima, enquanto que uma derrota nos aproxima do Z-4. É fazer o nosso papel em casa, vencer o Flamengo para encostarmos lá na frente”, declara o jogador.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

América negocia contratação de atacante Osvaldo, do Sport

Enviado em: 16 de dezembro de 2017

Esportes

Barrios revela que deixará o Grêmio no próximo ano

Enviado em: 16 de dezembro de 2017

Esportes

Pesquisa

Publicidade