Minas1
qui, 18 de abr de 2019
Horário: 10:09 Hs
Dolar: R$
Euro: R$

Minas Trend explode em tons vibrantes para dizer 'xô' à temporada de crise no Brasil

14/04/2019 21h50 - Atualizado em 14/04/2019 22h02 por Flávia Ivo / hojeemdia.com.br


tren.jpgDesfile contou com 17 marcas de design autoral e show de Zélia Duncan e Jaques Morelenbaum / Sebastião Jacinto Júnior/Divulgação

 

"A moda é o documento mais eficiente de um tempo”. A frase, repetida um sem número de vezes pelo estilista Ronaldo Fraga, diretor-criativo do Minas Trend, cai como uma luva frente às propostas do setor para a Primavera-Verão 2020. A explosão de rosas, vermelhos e amarelos que tomou conta da semana de moda mineira, entre 9 e 12 de abril no Expominas, propõe a reação ao desgaste do brasileiro com a longa e grave crise econômica.

MW24_DeniseValadares_0022.jpg

Denise Valadares: babados e cores fortes

 

Desde o tema “Em Dias de Sol” às peças de vestuário e acessórios no salão de negócios, aos desfiles e palestras, o sentimento de otimismo por dias melhores predominou nos corredores. “Vivemos uma apatia generalizada, um medo de consumir. Precisamos atravessar esse paredão, e o apoio da arte e da poesia é necessário. E a moda é mais que produto. É autoestima e cultura. Bombardeados de tantas tragédias e notícias ruins, temos que pensar em uma luz lá na frente”, afirma Fraga.

Festa

Até a tradicional moda festa mineira, onde sempre tiveram mais espaço os tons neutros e lavados, rendeu-se ao colorido de alegria contagiante. “A gente está mais latino e isso está se manifestando nas cores. A moda festa está recheada de vermelho, magenta, amarelo, verde e azul e tem vindo com roupas mais confortáveis, que não limitam os movimentos das mulheres. A ideia de leveza está em alta. É o informal chegando ao formal”, explica o trend hunter e professor de moda do Centro Universitário UNA, Aldo Clécius.

Prova dessa virada de chave é a coleção “Jardim dos Sentidos” – inspirada nas obras e flora do Museu Inhotim –, da grife mineira Kalandra. A marca, especialista em festa, já flerta, pela segunda temporada, com a moda casual e, agora, também com as cores pigmentadas e a fluidez. Para a diretora-comercial da empresa, Ana Flávia Castro, uma forma de rejuvenescimento. “Temos uma linha atemporal, mais clássica, mas precisamos nos reinventar e trazer o ar de modernidade. Rosa e laranja predominam e saltam aos olhos nas duas coleções”.

MW24_PatriciaMotta_0007.jpg

Azul mais quente está na coleção de Patricia Motta

 

Feminilidade

Ao passo que o conforto e a leveza parecem prioridade na estação quente, um ensaio do retorno da feminilidade às peças, com cinturas marcadas e babados, já se mostrou nítido nessa 24ª edição do Minas Trend.

“A questão e o lugar dos gêneros vêm sendo tão discutidos nos últimos tempos que a mulher quer marcar o lugar dela. Mas, vale lembrar, esta é uma mulher independente, vai usar o que lhe faz bem”, coloca Aldo.

Exemplo da tendência é a coleção Primavera-Verão 2020 desenvolvida pela estilista mineira Denise Valadares em parceria com o stylist Alberth Franconaid. No desfile, o que se viu foi uma silhueta feminina somada a mangas bufantes em uma conversa bem próxima aos anos 70 e 80. 

Ela destacou o contraponto que representaram as criações. “Procuramos manter a nossa identidade com os bordados, com uma carinha nova. Os tons vivos, por exemplo, são algo bem novo para a nossa marca, que sempre priorizou os neutros”. 

Fôlego

A semana de moda mineira – e principal salão de negócios do setor na América Latina – ganhou novo fôlego nesta temporada. Além dos desfiles e dos 187 expositores de vestuário, calçados e acessórios, o Minas Trend proporcionou ao público palestras com diversos players do setor nos quatro dias. Também, dois desfiles coletivos foram curtidos por estudantes de moda e demais interessados no tema.

A empresária Alice Ferraz, CEO da plataforma de influenciadores Fhits, foi uma das palestrantes que lotou o “Espaço do Conhecimento”, montado no Expominas. Ela falou sobre mídias digitais em moda. “O consumidor e a audiência estão no centro do valor nessa área. É preciso tentar se conectar em um mundo que está raso. Por isso, é necessário ter conteúdo e uma narrativa coerente nas redes”, apontou. 

Ainda na programação do evento, exposições sobre o estilista mineiro Alceu Penna (1915-1980) e do figurino da peça teatral “Através da Iris”, com Nathalia Timberg.

NORBERTO RESENDE NORB BRAND

Jovem Norberto Resende participou pela primeira vez do salão de negócios

 

Projeto

No salão de negócios, chamou a atenção o estande coletivo para novos talentos vencedores do Prêmio Empresa Tendência, promovido pela Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge). Uma delas, a Norb Brand, destaca-se pela moda agênero.

“Só pelo fato de estar aqui dentro, as pessoas estão me vendo de uma forma diferente. Minha inspiração foi a representação do cupido no Rococó. Trabalhei o romantismo de uma forma urbana”, contou Norberto Resende, estilista e fundador da marca.