Carro atropela multidão e deixa 11 mortos e 44 feridos


Enviado em 13 de setembro de 2018 às 18:10:55


Moradores doaram sangue em Hengdong, na província central de Hunan, para ajudar os feridos

 

O incidente ocorreu às 19h35 local (08h35 Brasília), na praça central da cidade da província de Hunan

Uma caminhonete atropelou deliberadamente uma multidão na cidade de Hengdong, no centro da China, deixando onze mortos e 44 feridos, segundo novo balanço fornecido pelas autoridades locais. 

O incidente ocorreu às 19h35 local (08h35 Brasília), na praça central da cidade da província de Hunan.

A polícia deteve o motorista da caminhonete, que segundo o jornal Pequim News foi identificado como Yang Zanyun, nascido em Hengdong em 1964 e detido em várias ocasiões por roubo, uso de drogas e agressões. 

Trata-se de um reincidente, indicou a polícia local em um comunicado nesta quinta-feira. "Ele lançou o veículo contra a multidão na noite passada. Carregava pás e facas para atacar as pessoas, com a intenção de causar sérios danos".

Em algumas imagens que circulavam nesta quinta-feira nas redes sociais podia se ver a caminhonete com o pára-choque destruído. Os vídeos do crime foram rapidamente censurados.

Dois turistas morreram em 2013 em um atentado com carro-bomba em Pequim, sob o famoso retrato de Mao na Praça Tiananmen. 

A ação foi atribuída pelas autoridades aos separatistas uigures, um grupo étnico muçulmano da região de Xinjiang (noroeste). As três pessoas que estavam no veículo perderam a vida.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Escândalo da Nissan ameaça aumentar e Ghosn permanece detido

Enviado em: 21 de novembro de 2018

Internacional

Califórnia, uma fornalha pronta para queimar novamente

Enviado em: 19 de novembro de 2018

Internacional

A quarta onda do feminismo e o mundo gay se estranham

Enviado em: 19 de novembro de 2018

Internacional

Chanceler diz que Bolsonaro não tem autoridade para questionar Cuba

Enviado em: 19 de novembro de 2018

Internacional

Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil

Enviado em: 19 de novembro de 2018

Internacional

Publicidade