Uruguai manda prender comandante do Exército por dar opinião sobre lei


Enviado em 13 de setembro de 2018 às 12:44:12



 

O comandante em chefe do Exército uruguaio, Guido Manini Ríos, ficará preso por 30 dias porque opinou sobre um projeto de lei proposto pelo governo do país; de acordo com Tabaré Vázquez, presidente do país vizinho, "[o militar] atua de boa fé e com a lealdade institucional que devem ter as Forças Armadas, mas se equivocou"

 

 


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Temendo intervenção, Maduro evita termo 'crise humanitária'

Enviado em: 21 de setembro de 2018

Internacional

Naufrágio de balsa na Tanzânia deixa mais de 120 mortos

Enviado em: 21 de setembro de 2018

Internacional

Papa aceita renúncia de mais dois bispos chilenos

Enviado em: 21 de setembro de 2018

Internacional

Brasil vai patrocinar, na ONU, evento preparatório sobre imigração

Enviado em: 21 de setembro de 2018

Internacional

Papa condena ações de medo e intolerância contra imigrantes

Enviado em: 20 de setembro de 2018

Internacional

Bono encontra papa e discute abusos sexuais do clero

Enviado em: 19 de setembro de 2018

Internacional

Publicidade