Depois de passar um período na Cidade do Galo mantendo a forma física, o meia-atacante Bernard já sabe quais cores defenderá pelas próximas temporadas. O jogador 25 anos estava sem clube desde que deixou o Shakhtar Donestk ao fim do contrato.

Agora, será reforço do Everton, de Liverpool-ING, para a Premier League que começa neste fim de semana. Vendido por 25 milhões de euros em 2013, Bernard foi adiquirido pelos ingleses de graça, e o único custo será o salário por quatro temporadas, além de luvas e comissão dos agentes.

Natural de Belo Horizonte, o jogador passou os últimos cinco anos no Shakhtar, num começo ruim, tendo se estranhado com  ex-técnico da equipe, Mircea Lucescu, mas de crescimento no final, sendo peça importante na campanha da última Uefa Champions League. 

A coincidência é que o jogador teve evolução nas mãos do técnico português Paulo Fonseca, e agora será treinado por outro lusitano, Marco Silva, que vem do Watford juntamente do atacante Richarlison. 

Apresentado oficialmente, Bernard destacou essa parceria novamente com um técnico de Portugal e que a tradição do Everton o chamou atenção. Só cometeu um pequeno equivoco ao classificar seu novo time como o quarto maior vencedor da Premier League, quando na verdade os Blues jamais venceram o torneio fundado em 1992, mas ergueram a taça do Campeonato Inglês antigo nove vezes, só atrás de outros três mesmo.

"Eu escolhi o Everton por tudo que escutei do Marco Silva, do professor. Eu fiquei muito feliz com tudo que ele me disse. O Everton é um clube de muita tradição. O quarto maior campeão da Premier League (sic: do Campeonato Inglês)".