Adilson Batista vê 'vantagem considerável' para o Bahia em confronto diante do América

Por Redação /Superesportes


Enviado em 09 de agosto de 2018 às 18:33:10


América é o décimo colocado na Série A do Campeonato Brasileiro, com 21 pontos em 17 partidas

 

Bahia tem como treinador o ex-técnico alviverde Enderson Moreira

 

 
O América terá algumas dificuldades na próxima partida da equipe, diante do Bahia, no sábado, às 19h, na Fonte Nova, em Salvador, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de desfalques e atuar fora de casa, a equipe reencontrará o ex-técnico Enderson Moreira. O atual treinador alviverde, Adilson Batista, crê que o Tricolor baiano tenha uma “vantagem considerável” devido ao conhecimento de Enderson.
Continua depois da publicidade
 
“O Enderson Moreira leva uma vantagem por ter trabalhado aqui quase dois anos, por conhecer o grupo e sua maneira de trabalhar, pensar e executar o jogo. É evidente que ele pode ter tido uma dificuldade de implantar sua filosofia devido ao período ainda curto que está no Bahia, mas tem essa vantagem de conhecer as características dos nossos jogadores. É algo considerável. Cabe a nós criar alternativas, enfatizar o que a gente vem fazendo de bom, melhorar alguns aspectos e ir para esse confronto bem preparados. Temos trabalhado situações que podem acontecer na partida e estratégias diferentes para usarmos a melhor quando chegar o momento”, disse Adilson, em entrevista coletiva nessa quarta-feira, no CT Lanna Drumond.
 
No América, entre julho de 2016 e junho de 2018, Enderson Moreira conquistou a Série B de 2017 e, por consequência, o acesso à Série A. Foram 111 partidas à frente do América, com 43 vitórias, 32 empates e 36 derrotas. No período, o time fez 112 gols e sofreu 110.
 
Enderson está no comando do Bahia há 11 jogos. Na Copa do Brasil, ele eliminou o Vasco nas oitavas de final e segurou o empate por 0 a 0 com o Palmeiras, em Salvador, no duelo de ida das quartas. Na Copa do Nordeste, bateu o Ceará nas semifinais e perdeu o título para o Sampaio Corrêa-MA. Já no Brasileiro, em quatro jogos, conseguiu uma vitória e três empates. Na Copa Sul-Americana, o Bahia avançou às oitavas de final ao empatar por 1 a 1 com o Cerro, nessa quarta-feira, no Uruguai.
 
“O Bahia trabalha no 4-2-3-1, mas também com ótimos jogadores. É um adversário leve e rápido. O Bahia é um time bem treinado. Fizeram um grande jogo contra o Palmeiras pela Copa do Brasil. Vi também o jogo contra o Fluminense, em que novamente jogaram muito bem. Portanto, é uma parada dura para nós”, completou o técnico do América.
 
O América é o décimo colocado na Série A, com 21 pontos. Já o Bahia é o 15º na tabela, com 18. O “Tricolor de Aço”, assim como o Coelho, tem o objetivo de se manter na primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Sérgio Sette Câmara na McLaren?

Enviado em: 19 de outubro de 2018

Esportes

Pesquisa

Publicidade