Cerca de 200 mil pessoas devem passar pela Feira do Livro de Brasília

Por Pedro Rafael Vilela - Agência Brasil


Enviado em 10 de junho de 2018 às 19:40:06



 

A EBC apoia a feira a partir de estúdio móvel montado no shoping

 

Brasília

O terceiro dia de atividades da 34ª Feira Internacional do Livro de Brasília já supera a expectativa dos organizadores. Considerado um dos mais tradicionais eventos literários do país, a edição deste ano tem como tema Literatura infantil: a invenção do sonho. Vamos brincar de inventar?. A feira, que começou na última sexta-feira (8), seguirá até o próximo dia 17 de junho no Pátio Brasil Shopping, região central da cidade, é uma realização da Câmara do Livro do Distrito Federal, com a participação do Instituto Latinoamerica, do Ministério da Cultura (MinC), da Câmara Brasileira do Livro (CBL), do Sindicato Nacional de Editores de Livro (SNEL) e do Sindicato dos Escritores do DF (Sindescritores). A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) também apoia e está fazendo uma cobertura especial, a partir de estúdio móvel montado no próprio evento.

"Nesses três primeiros dias, o público foi superior em relação às nossa expectativas. As atividades sempre muito cheias, com gente de pé. As famílias vieram em peso, com pais, mães e filhos aproveitando a programação, que é quase sempre muito interativa", disse Marcos Linhares, da organização da feira.

Movimento na abertura da 34ª Feira do Livro de Brasília.
34ª Feira Internacional do Livro de Brasília (Valter Campanato/Agência Brasil)

 

Ao todo, cerca de 340 mil exemplares estão à venda em 68 estandes. Estão previstas mais de 100 atividades, como contação de histórias, palestras, mesas de debate, lançamento de livros, sessão de autógrafos, entrega de prêmios literários e apresentações musicais. A organização estima que o bom público do primeiro fim de semana deve consolidar a presença de 200 mil pessoas até o fim do evento. A expectativa é movimentar R$ 5 milhões em vendas.

A edição deste ano da feira conta com a participação de escritores do Urugaui e de Portugal. Serão homenageados ainda os autores Ana Maria Machado, Luci Watanabe e Milton Hatoum. Um estande exclusivo para a literatura independente também foi montado na feira.

Abertura da 34ª Feira do Livro de Brasília.
34ª Feira Internacional do Livro de Brasília tem como tema Literatura infantil: a invenção do sonho. Vamos brincar de inventar? (Valter Campanato/Agência Brasil)

 

Agenda

Nesta segunda-feira (11), às 19h, no Auditório, está prevista a mesa de debate Literatura e Internet, com Luiz Humberto França, Leonardo Neto, Bárbara Moraes e Clara Arreguy. No mesmo dia, ao menos três contações de histórias estão programadas, além de debate, palesta e lançamento de livros

10h - (Professores) - Lançamento de livro e Palestra: Educação Financeira nas escolas e BNCC • Alvaro Modernell

11h - (professores, pais e alunos) - O livro para infância numa conversa de gente grande • Alessandra Roscoe

14h - (Infantil) - Fê Liz contando Zoic e Morando no Espaço • Fernanda de Oliveira e João Paulo Guerra Barrera (João, participação virtual)

15h - (Infantil) - Apresentação: As minhas e as outras histórias • Nyedja Gennari

16h - (Infantil) - Apresentação: Palavra também é brinquedo • Tino Freitas

17h - A Literatura na Escola • Jordenes Ferreira da Silva; Lucília Garcez; Márcia Nogueira; Lucinda Marque 

19h - Literatura e Internet • Luiz Humberto França; Leonardo Neto; Bárbara Moraes; Clara Arreguy

Toda a programação é aberta, gratuita, com censura indicativa livre para todos os públicos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Educação pública é a arma contra desigualdade no Brasil

Enviado em: 16 de setembro de 2018

Educação

Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

Enviado em: 11 de setembro de 2018

Educação

STF julga constitucionalidade do ensino domiciliar no Brasil

Enviado em: 30 de agosto de 2018

Educação

Pesquisa

Publicidade