Depois de emitir nota e tornar público que exerceria o mando de campo do jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro contra o Cruzeiro, no Mineirão, a diretoria do Tupi mudou de ideia. Menos de 24 horas após a decisão anterior, o clube de Juiz de Fora oficializou o duelo para o estádio Radialista Mário Helênio, na Zona da Mata.

Depois de tudo definido para que a primeira partida entre o Galo Carijó e a Raposa fosse no Mineirão, nesta quarta-feira, às 21h45, a presidente Myrian Fortuna decidiu por não inverter o mando de campo.

Jogar no Mineirão possibilitaria ao Tupi maior arrecadação com a renda do jogo, mas a decisão de levar a partida para Belo Horizonte foi duramente criticada. O que motivou a presidente a rever a decisão.

“Após reunião na Prefeitura no início da tarde de hoje, o Tupi Football Club decidiu manter em Juiz de Fora o primeiro jogo da semifinal do Mineiro, na próxima quarta-feira, às 21h45. O apelo da cidade e dos torcedores que realmente participam da rotina do time e a atuação do diretor de futebol Nicanor Pires foram fundamentais para a definição, que imediatamente já foi comunicada à Federação Mineira e ao Cruzeiro. O Tupi reforça que o momento agora é de concentração de toda a população de Juiz de Fora em torno do clube, sua diretoria e seus jogadores, em mais esse momento decisivo da vitoriosa trajetória carijó, e conta com todos no Estádio Municipal nesta semifinal”, publicou a diretoria do Tupi.

Venda de ingressos

Toda a logística para venda de ingressos já estava consolidada para o jogo em Belo Horizonte. Tanto que as diretorias de Tupi e Cruzeiro haviam feito um acordo e sócios-torcedores da Raposa teriam 50% de desconto no valor dos bilhetes.

Na manhã desta segunda-feira, segundo apurou o Hoje em Dia, o gerente de futebol Carijó Nicanor Pires comunicou à Federação Mineira de Futebol que o planejamento para comercialização dos bilhetes sofreria alteração.

A diretoria do Tupi ainda detalhará como será a comercialização dos ingressos.

Colaborou Henrique André