Paris Saint-Germain manda comitiva para garantir Neymar no clube


Enviado em 12 de março de 2018 às 19:52:41


Quem deve desembarcar no Rio de Janeiro é o dono do PSG, o catari Nasser Al Klelaif

 

Quem deve desembarcar no Rio de Janeiro é o dono do PSG, o catari Nasser Al Klelaif

 

Dirigentes do Paris Saint-Germain não querem dar brechas para que Neymar seja seduzido pelo Real Madrid. Por isso, uma comitiva deixará Paris nesta semana com destino ao Brasil só para acompanhar o processo de recuperação do jogador mais caro do time.

Quem deve desembarcar no Rio de Janeiro é o dono do PSG, o catari Nasser Al Klelaif. A informação é do canal francês TG1. Nasser teve participação direta na contratação de Neymar do Barcelona.

Neymar entra para a segunda semana de recuperação em Mangaratiba, após cirurgia no quinto metatarso do pé direito. A indicação médica é que nos primeiros dias ele tenha de manter o pé para cima, sem pisar. O tratamento levará até três meses.

O dirigente do PSG teria a companhia do diretor esportivo da equipe, Antero Henrique. Mandar para o Brasil os dois cartolas mais importantes do clube francês demonstra o tamanho da preocupação com Neymar, afinal sua transferência foi a mais cara da história, com investimento de R$ 824 milhões e contrato até junho de 2022.

Semana passada, o jornal espanhol AS noticiou que representantes do Real Madrid, o pai de Neymar e dois advogados se reuniram em Paris para discutir uma possível transferência. No encontro, o time espanhol teria demonstrado interesse em ter o atacante por até 400 milhões de euros, cerca de R$ 1,6 bilhão. Nenhuma das partes confirmou o encontro. Antes de se acertar com o Barcelona, Neymar chegou a fazer exames no Brasil com representantes do Real. A negociação não andou.

O técnico Zidane disse que as portas do Real estão abertas. Enquanto não se recupera, Neymar acompanhará de longe seu PSG e aos amistosos da seleção, neste mês, contra Rússia e Alemanha. Médicos e membros do Brasil estão seguros de que ele estará em pé para a Copa.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Pesquisa

Publicidade