Faltam apenas cinco rodadas para o término da fase classificatória da Superliga Masculina e a definição de quem segue adiante e quais os confrontos eliminatórios. Pois dois times mineiros com a situação muito bem encaminhada se enfrentam hoje no primeiro de uma série de clássicos que prossegue sábado. Líder, mas seguido de perto pelo Sesc-RJ, revelação da competição, o Sada Cruzeiro recebe às 20h, no Riachão, em Contagem, o Minas Tênis, quinto colocado e de olho na quarta posição do Sesi-SP, que daria ao time de BH a vantagem de mando num provável duelo pelas quartas de final.

Se a hegemonia recente é celeste, os jogadores comandados pelo técnico Marcelo Méndez sabem que terão pela frente um adversário capaz de dar muito mais trabalho do que no turno (vitória cruzeirense por 3 a 0 na Arena JK). O desafio do grupo será administrar a campanha na Superliga com a disputa do Sul-Americano, semana que vem, em Montes Claros.

"O Minas é um rival forte e também está vivendo um bom momento. Temos que manter a tranquilidade e seguirmos confiantes no que estamos fazendo. Será uma partida bonita, diante da nossa torcida, e uma boa preparação para o Sul-Americano", destaca o central cubano Simón.

Pelo lado do clube da Rua da Bahia, a ordem é não deixar o ritmo cair em meio a uma sequência pesada. A equipe de Nery Tambeiro bateu o Sesi por 3 a 1 em São Paulo, foi superada pelo Taubaté (3 a 1, também como visitante) e agora encara o líder, antes de ter o vice-líder Sesc pela frente, sábado, no Rio. O líbero Rogerinho sabe que a principal preocupação será com os saques dos rivais – Simón já registra 26 aces na competição.

"Temos neutralizar o saque deles e procurar manter sempre a bola em jogo, não tomar ace e colocar a bola pra cima mesmo nos momentos difíceis. Nosso jogo precisa funcionar bem. Estamos em uma sequência pesada na competição, então temos que manter a cabeça boa nas partidas”, destaca. Os ingressos, a R$ 15 (com meia-entrada a R$ 7,50) estão à venda no centraldoseventos.com.br e nas bilheterias do ginásio, a partir das 15h, à Rua Rio Paraopeba 1.200, Riacho.

Pedreiras

Ainda com chances matemáticas de classificação às quartas e também buscando ganhar conjunto para o Sul-Americano, o Montes Claros entra em quadra no mesmo horário diante do Taubaté, no Ginásio do Abaeté, no interior paulista. Vice-lanterna, já sem chances de avançar, o Juiz de Fora enfrenta o Sesc, no Ginásio do Tijuca, no Rio.