Com não de Cuca e sem plano B, Atlético segue em busca de treinador


Enviado em 12 de fevereiro de 2018 às 21:41:18


Treinador vai viajar com a família e disse que só deve trabalhar após a Copa da Rússia

 

Direto de futebol Alexandre Gallo disse que estava convicto no acerto com o treinador, fato que não ocorreu

 

Pode ser que o Atlético não cumpra o prazo de anunciar o seu novo treinador até esta terça-feira, como havia prometido o diretor de futebol, Alexandre Gallo. Cuca, o único nome que o clube negociava, disse não ao alvinegro e afirmou que só deve voltar a trabalhar após a disputa da Copa do Mundo da Rússia.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, nesta segunda-feira, o diretor atleticano confirmou que as tratativas teminaram na hora do almoço, quando o ex-treinador do Atlético encerrou as chances de voltar para a Cidade do Galo. “Ele era o nome. Estávamos em contato com seu representante desde sexta-feira. No domingo, falei três vezes com o Eduardo Uran. A gente tinha convicção que iria acertar, por isso falei em prazo até terça-feira na entrevista coletiva. Falei até das características do time na entrevista, encaixaria tudo, não só pelo histórico que ele tem no clube, mas pelo estilo de trabalho dele com nosso elenco”, disse.

“Hoje (segunda-feira), conversei por quase uma hora com ele (Cuca). Ele gosta do elenco, acha que o time é competitivo. Mas ele declinou, diz ter uma viagem com a família. Tentamos encaixar datas, já que teremos a parada para a Copa, com intertemporada, mas não foi possível. Hoje, na hora do almoço, encerramos a situação, tive de respeitar a vontade dele”, completa Gallo.

Agora sem prazo para anunciar o novo treinador, o diretor afirma que o clube corre contra o tempo. “Entendo que precisamos o mais rápido possível trazer um comandante que realmente nos dê um rumo, principalmente pela características do nosso time. Tem que ser um time intenso, de marcação na frente, com mais força, com mais pegada, com determinação, que é a cara que o clube pede. Nós contratamos esses jogadores pra isso, e essa intensidade ainda não aconteceu”, avaliou o diretor após a derrota para a Caldense, já traçando o perfil do novo comandante.

Outro nome que chegou a ser especulado e que tem boa avaliação da diretoria é o de Abel Braga, mas como ele está no Fluminense, sua vinda é pouco provável. Resta ao alvinegro escolher entre um treinador da velha guarda, com mais experiência e bagagem, ou buscar um técnico mais jovem, que ainda busca se firmar no cenário nacional.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Philippe Coutinho tem casa roubada em Barcelona

Enviado em: 20 de fevereiro de 2018

Esportes

Pesquisa

Publicidade