Cerca de 500 moradores de Nova Lima, na Grande BH, protestaram na manhã deste domingo (17) contra o aumento do IPTU. O ato começou na Alameda Oscar Niemeyer e a concentração foi na área central da cidade, próximo à prefeitura. O protesto, pacífico, era contra o aumento do imposto predial na cidade.

“A adesão dos moradores demonstra o quanto essa causa é comum. Estamos firmes no propósito de impedir essa alta absurda”, argumentou o advogado Lucas Galuppo, participante do movimento e morador da cidade.

O projeto de alta do imposto pode ser votado na próxima terça-feira (19) na Câmara de Vereadores da cidade. De acordo com os moradores e organizadores do protesto desse domingo, a população estará na casa legislativa para tentar barrar o texto, que foi distribuído na semana passada. Três parlamentares deram parecer contrário ao reajuste.

Em nota, a prefeitura de Nova Lima afirmou “foi proposta a readequação do IPTU, cuja Planta Genérica não é revisada há 11 anos, causando discrepância nos cálculos de lotes e áreas construídas e prejuízo à cidade que deixou de arrecadar o que era devido. Além de propor um imposto mais justo essa readequação vai isentar 8 mil imóveis de baixo padrão e visa trazer melhorias para Nova Lima".