Dois policiais envolvidos na morte de turista espanhola são presos


Enviado em 23 de outubro de 2017 às 19:47:29



 

PMs foram encaminhados para Unidade Prisional da PM, em Niterói, por decisão da Corregedoria da Polícia Militar. Maria Esperanza Ruiz Jimenez, de 67 anos, morreu após ser baleada na Favela da Rocinha.

 

 

Por G1 Rio

 

A Corregedoria da Polícia Militar determinou a prisão em flagrante dos dois policiais diretamente envolvidos no fato – um oficial e um soldado- na morte da turista espanhola na Rocinha, nesta segunda-feira (23). Os dois policiais foram encaminhados para Unidade Prisional da PM, em Niterói.

Em nota, a Polícia Militar disse que, assim como das demais forças de segurança do país, segue os procedimentos estabelecidos no Manual de Abordagem.

"O referido manual determina que, em casos como o que ocorreu nesta data, os policiais não devem efetuar disparos, mas sim perseguir o veículo que não obedeceu a ordem de parar e bloquear sua passagem assim que for possível. A razão pela qual o procedimento não foi cumprido é também objeto da investigação em curso".

A turista espanhola Maria Esperanza Ruiz Jimenez, de 67 anos, morreu após ser baleada na Favela da Rocinha, nesta segunda-feira (23), em mais uma manhã de tiroteios na comunidade. Por meio de nota, a Polícia Militar informou que o carro no qual ela estava furou um bloqueio feito pelos policiais e, por isso, os PMs fizeram disparos contra o veículo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Grávida pede ao STF para fazer aborto

Enviado em: 23 de novembro de 2017

Brasil

Sócio de Huck é levado para depor pela Polícia Federal

Enviado em: 23 de novembro de 2017

Brasil

Pesquisa

Publicidade