Cariocas fazem 'esfihaço' em defesa de sírio vítima de xenofobia no Rio


Enviado em 12 de agosto de 2017 às 17:27:12



 

Chamado de 'esfihaço', um ato solidário reuniu centenas de cariocas em apoio ao refugiado sírio Mohammed Ali, vítima de xenofobia recentemente no Rio de Janeiro; o imigrante, que vende salgados árabes numa calçada em Copacabana, foi agredido verbalmente por um vendedor ambulante, que exigia que ele saísse do Brasil; a fila para comprar esfihas e quibes era formada por um número de 20 a 30 pessoas; Mohamed ficou o tempo todo ocupado, ora atendendo os pedidos, ora no caixa; ele só parava por poucos segundos para atender a pedidos de fotos dos clientes

 

 


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Polícia prende suspeitos de morte de prefeito no Mato Grosso

Enviado em: 16 de dezembro de 2017

Brasil

Arrecadação do Natal sem Fome supera as expectativas

Enviado em: 16 de dezembro de 2017

Brasil

Entidade distribui bonecas trans e causa revolta de pais

Enviado em: 16 de dezembro de 2017

Brasil

Pesquisa

Publicidade