Apresentador vai pagar R$ 15 mil por chamar recepcionista de favelado


Enviado em 16 de julho de 2017 às 18:53:59


© TV Globo / Estevam Avellar

 

Testemunhas afirmam que ele também xingou o profissional de "pobre de m." e "vagabundo"

O apresentador Bruno De Luca foi condenado a pagar uma indenização de R$ 15 mil após ter chamado um recepcionista do hotel "Majestic" de favelado, de acordo com informações da revista "Veja São Paulo". O episódio aconteceu em Florianópolis, Santa Catarina, em 2009, mas o processo só acabou agora.

De acordo com a publicação, o apresentador brigou com o funcionário do local, depois que o rapaz pediu que Bruno diminuísse o volume do som em seu quarto.

Testemunhas afirmam que o recepcionista foi chamado de "favelado", "pobre de m." e "vagabundo", entre outros xingamentos, além de ter sido agredido fisicamente por uma amiga de Bruno, a atriz Lívia Lemos. Os dois estavam, ainda de acordo com testemunhas, aparentemente embriagados. O artista ainda pode, no entanto, recorrer da decisão.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Zezé Di Camargo chora ao ser homenageado pela filha

Enviado em: 24 de julho de 2017

Gente

Pesquisa

Publicidade