Líder e vice-líder da Superliga Feminina de Vôlei, Minas e Praia chegam a última rodada da primeira fase da competição separados por apenas um ponto.  

A definição de quem vai garantir a primeira colocação geral, e assegurar a vantagem de decidir os confrontos de playoff em casa sai nesta sexta-feira (15), a partir das 21h30.

Com 56 pontos, o Minas vai enfrentar o Curitiba, oitavo colocado, na capital paranaense, precisando de apenas de uma vitória simples para garantir a ponta da tabela.

A equipe do técnico italiano Stefano Lavarini, que já conquistou o Campeonato Mineiro, a Copa Brasil e o Sul-Americano de Vôlei nessa temporada, vem de vitória sobre Balneário Camboriú, de Santa Catarina, em casa, pela 21ª rodada do principal torneio do país.

Praia

Atual campeão da Superliga, o Praia Clube aparece logo atrás do time de Belo Horizonte, com 55 pontos, e torce por um tropeço do rival para terminar a fase inicial da competição na liderança.

No último duelo da primeira fase, o Praia recebe o Sesc-RJ, em Uberlândia. No último duelo pelo campeonato, a equipe comandada pelo técnico Paulo Coco venceu justamente o clássico com o Minas, na capital mineira.

Além da disputa pela ponta da tabela, a última rodada também terá o duelo pela terceira e pela quarta colocação, que também garantem o direito de mandar o jogo decisivo das quartas de final, em casa. Sesc-RJ, Barueri e Osasco disputam as duas vagas.

Completam os oito classificados para a próxima fase o Sesi-Bauru, o Fluminense e o Curitiba.

As equipes do Brasília e do Balneário Camboriú forma rebaixadas, e vão disputar a Superliga B na próxima temporada.