Conheça os deputados estaduais eleitos de Minas Gerais


Enviado em 04 de outubro de 2010 às 17:10:00


Adalclever Lopes (PMDB), empresário, natural de Belo Horizonte, 44 anos
Reeleito, Adalclever Ribeiro Lopes assume em 2011 seu terceiro mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2003. Na 16ª Legislatura, é presidente da Comissão de Defesa do Consumidor e Contribuinte. Na legislatura anterior, foi presidente da Comissão Permanente de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (2003-2004); vice-presidente da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas (2003) e da Comissão Especial das Pessoas Desaparecidas (2006); e coordenador da Frente Parlamentar Municipalista de Minas Gerais (2004). Também foi líder da Bancada do PMDB (2005-2006) e representante da ALMG na Coordenação do Programa de Controle de Homicídios de Minas Gerais – Fica Vivo. As principais regiões de atuação política são Rio Doce, Jequitinhonha/Mucuri, Central e Zona da Mata. Adalclever Lopes é empresário. Foi chefe de gabinete da Secretaria de Estado de Segurança Pública e membro titular do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia. É membro da Comissão Executiva Estadual do PMDB desde 2003.
 

Adelmo Carneiro Leão (PT), médico e professor, natural de Itapagipe, 61 anos
Reeleito, Adelmo Carneiro Leão assume em 2011 seu sexto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1991. Na 16ª Legislatura, foi presidente da Comissão de Saúde (2005-2007). Além disso, foi Secretário Geral do PT-MG (2006-2007), integrante da Assessoria Especial da Secretaria-Geral da presidência da República (abril a julho de 2008) e superintendente regional do Incra/MG (2008-2009). Líder da Bancada do PT (1994 e 2001) foi também líder da Minoria na ALMG (1997). Outros cargos e funções que exerceu foram de presidente da Beneficência da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (Beprem) (1995-1996); secretário adjunto Municipal de Governo de Belo Horizonte na gestão do prefeito Patrus Ananias (1996); secretário de Formação Política do PT-MG (1995-1997); e secretário de Estado da Saúde (2000), no Governo Itamar Franco. É médico, professor universitário e pesquisador, doutorado em Ciências pela USP. Professor na Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, licenciou-se em 1991 para assumir uma cadeira na ALMG. Ex-presidente (1985) e membro da Comissão de Direitos Humanos da Arquidiocese de Uberaba (1984), presidiu também a Associação dos Docentes da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro.

Agostinho Patrus Filho (PV), administrador de empresas, natural de Belo Horizonte, 39 anos
Reeleito, Agostinho Célio Andrade Patrus assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2006. Em 2007, tornou-se o líder da bancada do Partido Verde na Assembleia de Minas. Em 2008, foi o líder do Bloco Parlamentar Social (BPS) que reunia os partidos PV, PPS, PSB e PSC. Em dezembro de 2008, tomou posse como secretário de Estado de Desenvolvimento Social, cargo no qual permaneceu até janeiro de 2010. Suas principais regiões de atuação política são Sul de Minas, Central, Rio Doce, Zona da Mata e Jequitinhonha/Mucuri. É filho do ex-deputado estadual Agostinho Patrús, que já foi presidente da ALMG e secretário de Estado de Transporte e Obras Públicas. É graduado em Administração de Empresas e pós-graduado em Gestão Empresarial e em Logística pela Fundação Getúlio Vargas. É empresário dos setores agropecuário e de transportes, vice-presidente da Câmara Ítalo-Brasileira de Indústria, Comércio e Artesanato de Minas Gerais e diretor licenciado da Federação das Empresas de Transporte de Carga de Minas Gerais.

Alencar da Silveira Jr., radialista, natural de Sete Lagoas, 49 anos
Reeleito, Alencar Magalhães da Silveira Júnior assume em 2011 seu quinto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1995. No biênio 2007-2008, foi 3°-secretário da ALMG. Em legislaturas anteriores, ocupou, em 1998, os cargos de terceiro secretário e presidente da CPI dos Bingos (1998); e entre 2005 e 2006, os cargos de presidente da Comissão Especial dos Aeroportos, da Frente Parlamentar pelo Direito do Transporte Público e da Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social. Iniciou sua carreira política em 1989, sendo eleito o vereador mais jovem na legislatura para a Câmara de Belo Horizonte, onde foi vice-presidente e presidente. Como vereador, foi vice-presidente da União dos Vereadores do Brasil (1990-1994) e reorganizou a União dos Vereadores de Minas Gerais. Foi repórter esportivo e político na Rádio Capital e apresentador do programa “Num Poste de Rua” por 20 anos. Foi conselheiro da Ademg (1991-1994); integra o Conselho de Administração do América Futebol Clube e é membro das Associação Mineira e Brasileira de Cronistas Esportivos e do Centro de Cronistas Políticos.

Almir Paraca (PT), bancário e professor, natural de Paracatu, 48 anos
Reeleito, Almir Paraca Cristóvão Cardoso assume em 2011 seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 1994, mas renunciou em 31/12/1996 para assumir a Prefeitura de Paracatu. Voltou a eleger-se deputado estadual em 2006, sendo reeleito em 2010. Bancário e professor, é graduado em História pela UFMG. Iniciou sua vida pública em 1992, como vereador em Paracatu. Funcionário do Banco do Brasil desde 1978, ocupou o cargo de diretor executivo de Desenvolvimento Social da Fundação Banco do Brasil. Atuou em entidades ligadas às áreas educacional, ambiental, cultural, da infância e da adolescência e de promoção do desenvolvimento sustentável, tais como Missão Criança, Fundação Conscienciarte, Cáritas Diocesana, Comitê da Bacia do Médio São Francisco, Agências de Desenvolvimento Sustentável e Integrado das Bacias dos Rios Urucuia e Paracatu, Movimento Cultural de Paracatu e Centro de Educação Transdisciplinar. As principais regiões de atuação política são a Bacia Mineira do Rio São Francisco, Noroeste, Norte e Central.

ex-prefeito de Montes Claros.

André Quintão (PT), bancário, natural de Belo Horizonte, 46 anos
Reeleito, André Quintão Silva assume em 2011 seu terceiro mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2003. É presidente da Comissão de Participação Popular, da qual também participou na legislatura anterior. No primeiro mandato, foi líder do Bloco PT/PCdoB e coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (2003-2006). As principais regiões de atuação política são Central, Jequitinhonha/Mucuri e Zona da Mata. Assistente social e sociólogo, é funcionário de carreira da Prefeitura de Belo Horizonte, no cargo de analista de políticas públicas, do qual está atualmente licenciado. Foi também funcionário efetivo da Minascaixa (1980-1987). Filiou-se ao PT no início da década de 1980. Foi chefe de gabinete e secretário municipal de Desenvolvimento Social (1994-1996) do então prefeito de Belo Horizonte, Patrus Ananias (1993-1996). Eleito para dois mandatos como vereador na Capital (1997-2000 e 2001-2003), foi líder do então prefeito Célio de Castro e do PT por três anos. Coordenou a implantação da Lei Orgânica da Assistência Social em Belo Horizonte. Representou a Câmara nos conselhos municipais de Saúde, de Juventude e da Cidade.

Antônio Carlos Arantes (PSC), produtor rural, natural de Jacuí, 50 anos
Reeleito, Antônio Carlos Arantes assume em 2011 seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Suplente na 15ª Legislatura (2003-2007), assumiu o mandato entre fevereiro e março de 2006, ocupando vaga aberta pelo afastamento de Elbe Brandão. Em 2006 e 2010, foi eleito como efetivo. Produtor rural, é ex-presidente da Associação de Produtores Rurais do Mato Dentro e Jacuí. Foi prefeito de Jacuí, cidade que governou por três mandatos (1989-1992, 1997-2000 e 2001-2002). É presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da ALMG, desde 23/2/2010. Suas principais regiões de atuação política são Sul de Minas e Sudeste. Foi assessor do deputado federal e ex-ministro Carlos Melles (1994-1996); diretor-geral da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso (2003-2004); e assessor do governador Aécio Neves (2005-2006). Além disso, presidiu o Consórcio Intermunicipal de Preservação das Bacias dos Rios São João e Santana e a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Sudoeste Mineiro (Adebras); foi ainda coordenador do Programa de Renovação da Cafeicultura Regional em 17 municípios e conselheiro administrativo da Cooparaíso.

Antônio Genaro (PSC), pastor evangélico, natural de Guaimbé-SP, 67 anos
Reeleito, Antônio Genaro Oliveira assume em 2011 seu sétimo mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou como deputado constituinte, em 1987. Foi presidente da Comissão de Meio Ambiente (1987-1988) e vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (1989-1990). Pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular, ingressou na política ao eleger-se vereador em Belo Horizonte (1983-1986). Na Câmara Municipal, foi presidente da Comissão de Meio Ambiente. Sua principal região de atuação política é a Central.

Antônio Júlio (PMDB), advogado, natural de Pará de Minas, 60 anos
Reeleito, Antônio Júlio de Faria assume em 2011 seu sexto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1991. Foi presidente da ALMG no biênio 2001-2002; líder da bancada do PMDB (1998) e presidente das comissões de Constituição e Justiça (1993-1994) e de Ética (2006). Secretário-geral do PMDB de Minas, é membro do diretório nacional do partido e coordenador da Comissão Extraordinária de Integração ao Parlamento do Mercosul. Suas principais regiões de atuação política são Centro-Oeste e Sul. Fundou o diretório do PMDB de Pará de Minas em 1980 e foi prefeito da cidade dois anos depois. Fundou e presidiu a Associação dos Municípios do Médio Centro-Oeste (Ameco). É bacharel em Direito pela Universidade de Itaúna. 

Arlen de Paulo Santiago Filho (PTB), médico, natural de Montes Claros, 56 anos
Reeleito, Arlen de Paula Santiago Filho assume em 2011 seu quarto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1999. No Parlamento mineiro, foi vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos (2009). Sua principal região de atuação política é o Norte de Minas. Médico e advogado, foi vice-prefeito de Montes Claros (1996-1999). Presidiu a Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) em dois mandatos: 1993-1994 e 1995-1996. Foi prefeito do município de Coração de Jesus (1993-1995), no Norte de Minas; tesoureiro da Executiva Estadual do PTB (1999) e presidente do Colegiado dos Secretários Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems), em 1996 e 1997. 

Braulio Braz (PTB), empresário, natural de Muriaé, 62 anos
Reeleito, Braulio José Tanuz Braz assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2007. É presidente da Comissão de Redação da ALMG, desde 17/2/2009, e foi vice-presidente da Comissão de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo no período de 15/2/2007 a 20/12/2008. Administrador de empresas, é diretor-superintendente e proprietário do Grupo Líder, que reúne concessionárias de veículos, uma administradora de consórcios, uma corretora de seguros, empresas de transporte e de produção de implementos rodoviários. O grupo atua em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Iniciou suas atividades profissionais em 1963 e assumiu seu primeiro cargo de direção em 1967, aos 18 anos, à frente da Líder Comércio e Indústria Ltda., concessionária Chevrolet de Muriaé, cidade onde fica a sede do Grupo Líder. A principal região de atuação política é a Zona da Mata.

Carlin Moura (PCdoB), advogado, natural de Virgolândia, 42 anos
Reeleito, Carlos Magno de Moura Soares assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2007. Em 2004, elegeu-se vereador em Contagem (Região Metropolitana de Belo Horizonte). Advogado e jornalista, iniciou sua vida política no movimento estudantil, tornando-se vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), cargo que exerceu entre 1991 e 1993. Foi ainda diretor do DCE da Universidade Federal de Minas Gerais e do Centro Acadêmico Afonso Pena, da Faculdade de Direito da UFMG. Também teve atuação marcante na União da Juventude Socialista (UJS). Atuou como advogado do Sindicato dos Metalúgicos de Betim e do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro) de Minas Gerais. Também tem forte atuação nos movimentos de base da Igreja Católica. As principais regiões de atuação política são Central e Rio Doce. 

Carlos Mosconi (PSDB), médico, natural de São Paulo (SP), 66 anos
Reeleito, Carlos Eduardo Venturelli Mosconi assume em 2011 seu segundo mandato como deputado estadual. Em sua primeira legislatura (2007-2011), é presidente da Comissão da Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, desde 15/2/2007. Foi deputado federal por quatro mandatos (1983-1987, 1987-1991, 1995-1999 e 1999-2003). É médico formado pela UnB, especialista em Urologia, com residência no Hospital das Clínicas da USP. Em 1985, foi secretário de Saúde do Distrito Federal. Em 1986, foi relator da Saúde na Constituinte Federal. Foi secretário nacional de Assistência à Saúde (1992-1994), presidente do extinto Inamps (1992-1993), secretário de Assuntos Municipais de Minas Gerais (1997-1998), vice-presidente da Comissão de Saúde do Parlamento Latino-Americano (1995-2002), presidente da Fhemig (2003) e assessor especial do governador Aécio Neves (2004). Foi presidente do PSDB-MG em dois períodos: 1988-1991 e 1998-2000. A principal região de atuação política é o Sul de Minas.

Carlos Pimenta (PDT), médico, natural de Belo Horizonte, 56 anos
Reeleito, Carlos Welth Pimentade Figueiredo assume em 2011 seu quinto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que integra desde 1995. Foi presidente da Comissão de Saúde e, atualmente na 16ª Legislatura, ocupa desde 17/2/2009, o cargo de vice-presidente da Comissão de Saúde. Também na 16ª Legislatura, foi vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte no período, 14/2/2007 a 20/12/2008. Médico formado pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), especializou-se em Cirurgia Geral e Acupuntura. Ex-secretário municipal de Governo da Prefeitura de Montes Claros (1991); foi vereador por três mandatos (1977 a 1992) na cidade e presidente da Câmara Municipal (1989-1990). As principais regiões de atuação política são o Norte de Minas e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Célio Moreira (PSDB), metalúrgico, natural de Belo Horizonte, 54 anos
Reeleito, Célio de Cássio Moreira assume em 2011 seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Durante o seu primeiro mandato na Assembléia (2003-2007), foi presidente, entre outras, da Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social; da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas; e da Comissão Especial da Expansão do Metrô. Eleito em 2006 para o segundo mandato como deputado estadual, foi presidente da Comissão Especial para o Estudo da Atenção à Pessoa com Transtorno Mental, Deficiência Mental ou Autismo. É vice-líder do Bloco Social Democrata. Metalúrgico, é líder da Renovação Carismática Católica e membro da Sociedade São Vicente de Paula. Eleito vereador para dois mandatos na Capital mineira (1997-2000 e 2001-2002), foi presidente da Comissão de Administração Pública e vice-presidente das Comissões de Direitos Humanos e de Orçamento e Finanças da Câmara Municipal de Belo Horizonte. A principal região de atuação política é a Central.

Dalmo Ribeiro (PSDB), professor, natural de Ouro Fino, 61 anos
Reeleito, Dalmo Roberto Ribeiro Silva assume em 2011 seu quarto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, desde 1999. Formado em Pedagogia e Direito, é advogado atuante no Sul de Minas por mais de 32 anos. Foi vice-prefeito de Ouro Fino (1976-1982); presidente da 39ª Subseção da OAB/MG de Ouro Fino (1989-1994); e professor da Faculdade de Direito da Universidade de São Francisco, em Bragança Paulista (SP). A principal região de atuação política é o Sul de Minas. Na ALMG, preside a Comissão de Constituição e Justiça desde 15/2/2007. Já foi presidente da Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social e o primeiro presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar. Também foi relator da Comissão Especial da Cafeicultura, da Comissão Especial das Estâncias Hidrominerais e do Projeto de Lei Complementar da Organização Judiciária. Também foi presidente da Comissão Especial sobre a Arbitragem e vice-presidente da Comissão Especial sobre o Pré-Sal. 

Deiró Marra (PR), empresário e advogado, natural de Patrocínio, 45 anos
Reeleito, Deiró Moreira Marra assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Na 16ª Legislatura (2007-2011), foi presidente da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia e Informática de 15/2/2007 a 20/12/2008 e, desde 19/2/2009, é vice-presidente da comissão. Advogado e contador, é empresário do setor de transportes e produtor rural. Presidiu o Conselho Comunitário de Segurança Preventiva de Patrocínio, a Cooperativa Agropecuária (Coopa) e o Conselho Municipal do Bem-Estar do Menor, no mesmo município. Membro do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia, participou da Conferência Nacional da Educação Básica, de 14 a 18 de Abril de 2008. As principais regiões de atuação política são Alto Paranaíba, Noroeste de Minas, Norte e Sul de Minas.

Délio Malheiros (PV), funcionário público, natural de Itamarandiba, 49 anos
Reeleito, Délio de Jesus Malheiros assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Foi presidente da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte, de 14/2/2007 a 20/12/2008, e atualmente é vice-presidente da comissão (desde 17/2/2009). Também ocupa o cargo de presidente da Comissão de Administração Pública, desde 18/2/2009. Advogado formado pela Faculdade Milton Campos em 1989, é servidor concursado licenciado da ALMG, onde exerceu a função de consultor desde 1990 e defendeu a criação do Procon da Assembléia. Conquistou seu primeiro mandato eletivo em 2004, quando elegeu-se vereador em Belo Horizonte. Na Câmara Municipal, foi presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (2005-2006). Atuou prioritariamente na área de defesa do consumidor, trabalhando como advogado para o Movimento das Donas de Casa. Hoje representa a Associação Brasileira de Consumidores. Na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), foi secretário-geral da seção Minas Gerais, conselheiro por dois mandatos e presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (1997-1999). As principais regiões de atuação política são Central e Jequitinhonha/Mucuri. 

Dilzon Melo (PTB), empresário, natural de Capitólio, 66 anos
Reeleito, Dilzon Luiz de Melo assume em 2011 seu sexto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, desde a 12ª Legislatura (1991-1995). Já foi 3º-secretário da Mesa (1991-1992), presidente da Comissão de Assuntos Municipais (1995-1996), 4º-secretário da Mesa (1997-1998), 1º-secretário da Mesa (1999-2000), presidente da Comissão de Transportes e Obras Públicas (2002), 3º-vice-presidente (2003-2005), líder do bloco do governo (2005-2006) e vice-presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar (2006). Deixou a Assembleia para assumir o cargo de secretário de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana, de janeiro de 2007 a janeiro de 2010, no Governo Aécio Neves. É empresário rural em Varginha, já foi farmacêutico e empresário da construção civil. Foi prefeito da cidade de 1983 a 1988. Estudou Administração Pública em Miami (EUA). Foi secretário-geral do PTB (1994). A principal região de atuação política é o Sul de Minas.

Dinis Pinheiro (PSDB), empresário e advogado, natural de Belo Horizonte, 43 anos
Reeleito,Dinis Antônio Pinheiro assume em 2011 seu quinto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Desde 2007, ocupa o cargo de 1º-secretário da Mesa. Foi eleito para seu primeiro mandato em 1994, aos 26 anos. Durante a 15ª Legislatura, foi vice-líder do governo (2003-2006). Na eleição de 2006, foi o candidato a deputado estadual mais votado da 16ª Legislatura, com 132.259 votos. As principais regiões de atuação política são Central e Jequitinhonha/Mucuri. Empresário e bacharel em Direito, foi tabelião do 2º Serviço Notarial em Ibirité e chefe de gabinete da Prefeitura do município (1989-1990). É autor de propostas que originaram as leis de emancipação das cidades de São Joaquim de Bicas, Sarzedo e Mário Campos (1995). Também é de sua autoria o Projeto de Lei 23/03, que trata do ICMS Solidário.

Doutor Viana (DEM), médico, natural de Água Branca, 61 anos
Reeleito, José Alves Viana assume em 2011 seu quarto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, desde 1999. Na 16ª Legislatura, ocupa o cargo de 1º-vice-presidente da ALMG desde 2007. Foi presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Sistema Financeiro (2001) e das Comissões de Política Agropecuária e Agroindustrial (2003-2004) e de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (2005-2006). É também membro efetivo do Conselho Estadual de Política Agrícola de Minas Gerais. É médico pediatra e anestesiologista, atuou em Belo Horizonte, Nova Lima e Curvelo. Neste último município (Região Central), foi vereador (1983-1988); vice-presidente da Câmara Municipal (1983-1985) e prefeito (1989-1992). Presidiu da Associação dos Municípios do Médio Rio das Velhas (Amev/1991). Foi professor de Biologia do Colégio Imaculada Conceição de Montes Claros (1973-1974) e é membro do Movimento Familiar Cristão e Lions Clube (LC-4). As principais regiões de atuação política são Central e Jequitinhonha/Mucuri.

Duarte Bechir (PMN), funcionário público, naatural de Cristais, 53 anos
Reeleito, Nacib Duarte Bechir assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Nas eleições de 2006, concorreu pelo PMN e conquistou 21.341 votos, tornando-se o primeiro suplente do partido. Assumiu o mandato em 16/6/2009. É técnico em pesquisas e funcionário do IBGE desde março de 1980, atualmente lotado na agência de Campo Belo. Cursou Direito na Faculdade de Varginha, onde bacharelou-se em 1990. Foi vereador em Campo Belo no período de 1993 a 1996, tendo assumido a Presidência da Câmara Municipal no biênio 1993-1994. Exerceu mandato de prefeito de Campo Belo entre 2001 e 2004, ocupando também as presidências do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Rio Grande (Cismarg) e da secretaria da Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago), entre 2001 e 2002. Já em 2004, presidiu a Associação de Municípios do Alto Rio Grande (Amalg). Entre fevereiro e junho de 2008, foi diretor Financeiro e Administrativo da Casemg (Companhia de Armazéns e Silos de Minas Gerais).

Durval Ângelo (PT), professor, natural de Baixo Guandu-ES, 52 anos
Reeleito, Durval Ângelo Andrade assume em 2011 seu quinto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1995. Foi vereador em Contagem (1989-1994). É professor universitário de Filosofia e membro do Movimento de Boa Nova (Mobon) e da assessoria de Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Foi presidente do PT em Contagem. É professor nas redes pública e privada, dirigente sindical da Associação dos Professores de Contagem (1989-1990) e ex-diretor do Sind-UTE. Foi 2º-vice-presidente da ALMG (1999-2000). A partir do terceiro mandato, ocupou a presidência da Comissão de Direitos Humanos, cargo que exerce ainda hoje. É membro da rede de assessores do Centro Nacional de Fé e Política Dom Helder Câmara (CEFEP), sediado em Brasília. As principais regiões de atuação política são Leste, Região Metropolitana de Belo Horizonte e Vale do Aço.

Gil Pereira (PP), administrador, natural de Montes Claros, 49 anos
Reeleito, Gilberto Wagner Martins Pereira Antunes assume em 2011 seu quinto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1995. Na 16ª Legislatura, foi coordenador da Comissão Interestadual Parlamentar de Estudos (Cipe) da Mineração. Em legislaturas anteriores, foi 2º-secretário da Mesa Diretora da ALMG (1999-2000); líder da Minoria e presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia (1995-1996); e presidente da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio e Assuntos do Mercosul (1997-1998). Em seu segundo mandato, foi vice-líder do Governo Itamar Franco (2001-2002); representante da ALMG no Conselho de Industrialização (Coind), entre 1999 e 2002; e vice-presidente da Comissão de Turismo. Na 15ª Legislatura, foi presidente das comissões de Transporte, Comunicação e Obras Públicas (2003-2004); de Política Agropecuária (2005); e de Cultura (2005-2006). Foi ainda coordenador da CIPE São Francisco e líder da Bancada do PP na ALMG (2003-2007). Gil Pereira é formado em Administração, com habilitação em Comércio Exterior, pela Faculdade de Ciências Gerenciais Una. Iniciou a vida pública como vereador em Montes Claros em 1988, quando presidiu a comissão que elaborou a Lei Orgânica do município (1989-1990). Foi secretário municipal de Governo e presidente da Câmara Municipal. Suas principais regiões de atuação política são Norte e Jequitinhonha/Mucuri.

Gilberto Abramo (PRB), pastor, natural de Porto Ferreira-SP, 44 anos
Reeleito, Gilberto Aparecido Abramo assume em 2011 seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2003. Foi vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça da ALMG entre 15/2/2007 e 20/12/2008. Eleito pelo PMDB, já liderou a bancada do partido na Assembleia, antes de filiar-se ao PRB. Sua principal região de atuação política é a Central. É bispo da Igreja Universal do Reino de Deus. Formado em Teologia, com doutorado em Ciências da Religião e Divindade pela Faculdade de Educação e Teologia do Estado de São Paulo. Foi radialista e apresentador de televisão.

Gustavo Corrêa (DEM), advogado, natural de São Paulo-SP, 35 anos
Reeleito, Gustavo de Faria Dias Corrêa assume em 2011 seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Ingressou na ALMG em 4/1/2005, como suplente, substituindo a deputada Elbe Brandão, sendo efetivado após a renúncia de Antônio Carlos Andrada, que foi eleito conselheiro do Tribunal de Contas de Minas Gerais. Em 2006, foi eleito como efetivo para a legislatura seguinte. Afastou-se, no entanto, em 14/6/2007 para assumir o cargo de Secretário de Estado de Esportes e Juventude, na gestão de Aécio Neves. Retornou à Assembleia em 27/1/2010. É bacharel em Direito. Foi assessor especial do governador Aécio Neves (2003-2004). Foi ainda vice-líder da bancada do PFL na Assembleia. Suas principais regiões de atuação política são Jequitinhonha/Mucuri, Rio Doce, Sul e Central.

Gustavo Valadares (DEM), publicitário, natural de Belo Horizonte, 33 anos
Reeleito, Gustavo da Cunha Pereira Valadares assume em 2011 seu terceiro mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2003. Na 16ª Legislatura, preside a Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, desde 2007. É também vice-presidente da Comissão de Minas e Energia, desde fevereiro de 2009. Foi vice-presidente da Comissão Especial dos Aeroportos entre setembro e novembro de 2008. Em 2002, foi o mais jovem deputado estadual eleito. Suas principais regiões de atuação política são Central, Rio Doce, Centro-Oeste e Jequitinhonha/Mucuri. Bacharel em Direito pela PUC Minas, é empresário no ramo de publicidade.


Hely Tarqüínio (PV), médico, natural de Uberaba, 70 anos
Reeleito, Hely Tarquínio assume em 2011 seu quinto mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1991. Desde então, integrou todas as legislaturas, com exceção do período entre 2003 e 2007. É o atual 2º-secretário da Mesa Diretora da Assembleia. Em outras legislaturas, foi vice-líder do PRN (1991-1992), líder do PP (1993-1994) e do PSDB na Assembléia (1999-2000). Além disso, foi Corregedor da Assembléia (2001-2002), presidente da Comissão Especial do Cardiominas (1995), da Comissão de Constituição e Justiça (1998-1999) e da CPI da Saúde (2000-2001). Também foi coordenador da reunião regional do Seminário Legislativo “Águas de Minas II”, em Patos de Minas (2002). Sua principal região de atuação política é o Alto Paranaíba. É médico-cirurgião formado pela Faculdade Federal do Triângulo Mineiro (1966). Foi cirurgião-geral dos hospitais Vera Cruz e Imaculada Conceição, diretor e cirurgião do Hospital Regional Antônio Dias (Fhemig/Patos de Minas) e supervisor do Inamps de Patos. Exerceu, ainda, o cargo de secretário adjunto de Estado de Saúde na primeira gestão de Aécio Neves (2003-2006). 

Inácio Franco (PV), empresário, natural de Itaberay-GO, 57 anos
Reeleito, Inácio Franco assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2007. É líder do Bloco Parlamentar Social, que inclui PV, PSB, PPS e PSC. Suas principais regiões de atuação política são Central e Centro-Oeste. Inácio Franco é formado em Direito. É empresário da construção pesada e produtor rural, tendo sido diretor da Cooperativa de Leite e presidente do Sindicato Rural de Pará de Minas. Atualmente, é membro do Sindicato da Indústria da Construção Pesada de Minas Gerais (Sicepot). Foi eleito prefeito de Pará de Minas em 2000, e reeleito em 2004. Em 2006, foi eleito deputado estadual com a maior votação da história de Pará de Minas. 

Ivair Nogueira (PMDB), advogado e empresário, natural de Betim, 59 anos
Reeleito, Ivair Nogueira do Pinho assume em 2011 seu quinto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1995. Na 16ª Legislatura (2007-2011), é vice-presidente da Comissão de Administração Pública desde fevereiro de 2009, tendo exercido a mesma função na Comissão Especial sobre a Arbitragem (2009-2010). No final da 13ª Legislatura e no início da 14ª, o deputado afastou-se da Assembleia para ocupar a Secretaria de Estado de Esportes (janeiro de 1999 a março de 2000), na gestão do governador Itamar Franco. É engenheiro civil, advogado e empresário. Assumiu o primeiro cargo público em 1984, na Secretaria de Obras de Betim. Foi vice-prefeito (1989-1990) e prefeito (1991-1992) do município. Suas principais regiões de atuação política são Central e Sul.

Jayro Lessa (DEM), empresário, natural de Governador Valadares, 64 anos
Reeleito, Jayro Luiz Lessa assume em 2011 seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2003. Presidiu a Comissão Especial dos Convênios com a União (2003) e foi vice-presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (2003-2007). Na 16ª Legislatura (2007-2011), ocupa o cargo de vice-presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária, desde 2007, e é vice-líder do DEM na ALMG. Também foi vice-presidente da Comissão Especial das Serras da Calçada e da Moeda, de 8/10/2008 a 2/4/2009. Empresário, preside o Grupo VDL desde 1970. O grupo é formado por empresas revendedoras de peças e veículos, inclusive caminhões e ônibus, indústrias têxteis, siderúrgica e fundição, postos de gasolina, transportadora de carga e transporte urbano de passageiros, com atuação em várias cidades dos estados de Minas Gerais, Goiás e Espírito Santo. As principais regiões de atuação política são Rio Doce e Central.

João Leite (PSDB), ex-atleta e historiador, natural de Belo Horizonte, 55 anos
Reeleito, João Leite da Silva Neto assume em 2011 seu quinto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1995. Foi presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia (1996/2000) e das CPIs do Sistema Carcerário e das Carteiras de Habilitação. É autor, entre outros, do projeto de lei do Incentivo ao Esporte, transformado em norma jurídica. Na 15ª Legislatura, esteve afastado do cargo de deputado estadual no período de 5/2/2003 a 1º/6/2004 para ocupar o cargo de secretário de Estado de Desenvolvimento Social e Esportes. Na 16ª Legislatura, é presidente da Comissão de Segurança Pública, desde 17/2/2009, e foi presidente da Comissão Especial da Execução das Penas no Estado (março a setembro de 2009). Ex-atleta profissional de futebol, é formado em Historia. Atuou no Atlético, América e Seleção Brasileira de Futebol e é um dos fundadores do movimento “Atletas de Cristo”. Foi vereador em Belo Horizonte (1993-1994); secretário municipal de Esportes (1993-1994) e idealizador dos projetos “Campos de Luz” e “Casas Lares”. A principal região de atuação política é a Central.

José Henrique (PMDB), produtor rural, natual de Abre Campo, 54 anos
Reeleito, José Henrique Lisboa Rosa assume em 2011 seu quinto mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1995. Na 16ª Legislatura, ocupa o cargo de 2°-vice-presidente da ALMG, desde 2007. Foi presidente da Comissão Interestadual Parlamentar de Estudos para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Rio Doce (Cipe Rio Doce); e ex-presidente das comissões de Assuntos Municipais e de Defesa Social da Assembléia Legislativa de Minas Gerais (1995-1998). Atuou por duas vezes como vice-presidente da comissão de Educação, Ciência e Tecnologia (1997-1998 e 2001-2002), foi vice-líder do PMDB (1999); coordenador da área de crédito da Frente Parlamentar do Cooperativismo Estadual (1999); e vice-líder do Bloco Parlamentar Democrático Progressista (2001-2002). As principais regiões de atuação política são Rio Doce e Zona da Mata. É formado em Estudos sociais e atua como produtor rural. É conselheiro do Fundo de Previdência do Estado (Funpemg) e do Conselho Estadual de Previdência (Ceprev), como representante da Assembléia. 

Lafayette Andrada (PSDB), advogado, natural de Belo Horizonte, 44 anos
Reeleito, Lafayette Luiz Doorgal de Andrada assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2007. Lafayette de Andrada é bacharel em Direto pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e doutorando em Direito pela Universidad Nacional de Lomas de Zamora (Argentina). Estudou Agronomia na Universidade Federal de Lavras (UFLA). É professor de Ciência Política e técnico do Ibama. Foi vereador em Lavras (1992-1996), sendo líder de governo (1993-1994) e 1º-secretário da Mesa Diretora (1995-1996) da Câmara do município. Foi secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Barbacena (1997-1998) e vereador em Juiz de Fora (2001-2004), onde foi presidente da Comissão de Orçamento e Fiscalização Financeira e líder da oposição. Ex-superintendente de Assuntos Municipais do governo Aécio Neves (2005-2006). Atualmente, é secretário-geral do PSDB em Minas Gerais e delegado do partido à Convenção Nacional. Principais regiões de atuação política: Zona da Mata, Campo das Vertentes e Central. 

Leonardo Moreira (PSDB), empresário e produtor rural, natural de Juiz de Fora, 36 anos
Reeleito, Leonardo Fernandes Moreira assume em 2011 seu terceiro mandato consecutivona Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2003. No primeiro mandato, foi designado ouvidor adjunto (2003-2004) e ocupou a vice-liderança do governo. Foi vice-presidente da Comissão de Segurança Pública (2005-2007) e duas vezes líder do PL no Legislativo mineiro. Suas principais regiões de atuação política são Norte, Zona da Mata e Sul de Minas. Leonardo Moreira é empresário e produtor rural. É filho do deputado federal Edmar Moreira.

Luiz Humberto Carneiro (PSDB), empresário e produtor rural, natural de Uberlândia, 57 anos
Reeleito, Luiz Humberto Carneiro assume em 2011 seu quarto mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Ingressou na Assembleia no final da 14ª Legislatura, em janeiro de 2003, como suplente, ocupando vaga aberta pelo afastamento de Bilac Pinto. Para as três legislaturas seguintes, foi eleito como efetivo. É o atual líder do Bloco Social Democrata (PSDB/PTB/PMN/PR), na Assembleia. Suas principais regiões de atuação política são Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Produtor rural e empresário, foi secretário municipal de Agropecuária e Abastecimento (1991-1995) e de Habitação (1996-1999) em Uberlândia (Triângulo). Ex-presidente do Sindicato Rural do município (1990-1998), coordenou, em nível nacional, o Movimento “Não Posso Plantar”.

Maria Tereza Lara (PT), pedagoga, natural de Esmeraldas, 61 anos
Reeleita, Maria Tereza Lara assume em 2011 seu quarto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Na 14ª Legislatura foi eleita suplente, assumindo o mandato de deputada estadual pela primeira vez em fevereiro de 1999, ocupando a vaga aberta pelo afastamento de Sávio Souza Cruz. Em seguida, ocupou também a vaga aberta pelo afastamento de Adelmo Carneiro Leão, permanecendo na Assembleia até junho de 2000. Nas três últimas eleições, foi eleita como efetiva. Na 16ª Legislatura, é vice-presidente das comissões de Segurança Pública. Sua principal região de atuação política é a Central. Maria Tereza Lara é formada em Pedagogia pela UFMG e é especialista em Administração Escolar. Foi diretora técnico-operacional da Centrais de Abastecimento Minas (Ceasa Minas). Em Betim, lecionou na Escola Estadual Conselheiro Afonso Pena (1968-1976) e no Colégio Estadual (1971-1976 e 1981-1986), além de ter sido supervisora escolar da rede municipal. Foi também Secretária Municipal de Educação de Betim (1976-1981) e vereadora (1993-1996 e 1997-1998), no mesmo município. 

Mauri Torres (PSDB), empresário e produtor rural, natural de Guararema, 60 anos
Reeleito, Mauri José Torres Duarte assume em 2011 o sexto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 1991. Na 16ª Legislatura, é líder do Governo no Legislativo. Foi presidente da ALMG durante os quatro anos da 15ª Legislatura (2003-2007). Também foi 1º-secretário da Mesa (2001-2003) e corregedor-adjunto (1999-2000). Foi líder do Bloco Social Trabalhista (1998-1999); líder do Bloco da Maioria (1995); vice-líder do PSDB (1995); e líder do PMDB (1992-1993 e 1995). Foi, ainda, governador interino do Estado em setembro de 2004. Mauri Torres é empresário e pecuarista. Foi contínuo e assessor contábil na prefeitura de João Monlevade. Sua principal região de atuação política é o Médio Piracicaba.

Neider Moreira (PPS), médico, natural de Itaúna, 45 anos
Reeleito, Neider Moreira de Faria assume em 2011 seu terceiro mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2003. É vice-líder do governo na 16ª Legislatura (2007-2011). Entre agosto de 2004 e março de 2006, afastou-se para ocupar o cargo de secretário de Estado Extraordinário para Assuntos de Reforma Agrária. Suas principais regiões de atuação são o Centro-Oeste, Vale do Mucuri, Jequitinhonha, Sul de Minas e Sudoeste de Minas. Neider Moreira é formado em Medicina pela UFMG, com especialização em Nefrologia. É filho do ex-prefeito de Itaúna, Jadir Marinho. Foi vice-presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (regional Minas Gerais 2001-2003). Foi presidente do Diretório Municipal do PSDB em Itaúna. 

Paulo Guedes (PT), professor, natural de São João das Missões, 40 anos
Reeleito, Paulo José Carlos Guedes assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2007. É vice-presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização e é o coordenador da Comissão Interestadual Parlamentar de Estudos para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Rio São Francisco (Cipe São Francisco). Professor, iniciou sua vida política com apenas 20 anos, no município de Manga (Norte de Minas), onde cumpriu três mandatos como vereador, entre 1993 e 2004. No mesmo município, foi presidente da Câmara em duas oportunidades (1997-1998 e 2001-2002). Entre 2001 e 2004, atuou como presidente da Associação dos Vereadores da Área Mineira da Sudene (Avams), e, entre 2002 a 2004, como diretor da União de Vereadores de Minas Gerais (Uvemig). Em 2003, assumiu a Coordenadoria Estadual do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs-MG).

Rosângela Reis (PV), pedagoga, natural de Mesquita, 47 anos
Reeleita, Rosângela de Oliveira Campos Reis assume em 2011 seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ingressou em 2007. Na 16ª Legislatura, é, desde 15/2/2007, presidente da Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social. A princip


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Minas1. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Histórico

Haddad: 'não deixe Onyx ao alcance das crianças'

Enviado em: 16 de janeiro de 2019

Política

Pesquisa

Publicidade